• Orgulho canarinho em 2009

    Às vésperas de encerrar o ano, o Brasil elegeu seus melhores atletas. Na segunda-feira passada (21), o nadador César Cielo e a judoca Sarah Menezes foram homenageados pelo Comitê Olímpico Brasileiro. Na Suíça, a jogadora de futebol Marta foi eleita, pela quarta vez, a melhor do mundo, na votação da Fifa. O discurso da vencedora emocionou. Marta não apenas agradeceu ao prêmio, como também desejou que o futebol feminino possa crescer cada vez mais.
    Marta, César e Sarah representam todos aqueles que encontraram no esporte um caminho a seguir. Um caminho que exige mais do que vontade. Exige dedicação.
    Para isso, nossos jovens atletas precisam de apoio. Não apenas homenagens, mas o apoio com efetivo patrocínio financeiro, espaço para treinos e acompanhamento – o que recebemos, nós, atletas patrocinados pelo Banco Cruzeiro do Sul.
    Compartilho com Marta é desejo para 2010: que o apoio ao esporte cresça e que o Brasil reflita sobre e perceba as mudanças que essa atividade gera na vida de milhares de pessoas.
    Como atleta, sei do difícil caminho que percorremos, por isso costumo participar de projetos sociais que buscam incentivar a prática do esporte. Por meio do esporte, podemos promover a inclusão social, além do desenvolvimento das pessoas.
    Vivemos em um país repleto de futuros grandes atletas e cada iniciativa é válida.
    Que 2010 venha com boas notícias também nesta área.
    Nos encontramos no próximo ano.
    Até lá.

Danielle Zangrando é madrinha de Centro de Artes Marciais

A judoca Danielle Zangrando é a madrinha do Centro Esportivo e Cultural das Artes Marciais “Mestre Yoshihide Shinzato”, que fica em São Vicente, no litoral paulista.

A atleta, uma das patrocinadas pelo Banco Cruzeiro do Sul, participou da inauguração espaço e aprovou a iniciativa. “Sou madrinha deste projeto com muito orgulho, pois acredito no trabalho dos professores e das crianças que buscam um futuro melhor por meio do esporte”, destacou.

Organizado pela Associação Desportiva e Recreativa de Artes Marciais de São Vicente (Adrearma), em parceria com o poder público da cidade, o Centro de Artes Marciais terá foco no desenvolvimento das modalidades de karatê, judô e jiu-jitsu e disponibilizará, também, aulas de ginástica para adultos e diabéticos, além de serviço de fisioterapia.

Danielle Zangrando participa da entrega de cestas de Natal na LBV

A judoca Danielle Zangrando, atleta patrocinada pelo Banco Cruzeiro do Sul, participou nesta quinta-feira, 17 de dezembro, da entrega de cestas de natal na LBV – Legião da Boa Vontade, em Santos.

Mais de 200 famílias receberam a cesta, que vai garantir um Natal mais feliz para elas. Além da entrega, o evento contou com apresentação musical e muita diversão. “Fico feliz em poder ajudar nessa campanha e ver o sorriso no rosto dessas famílias que tanto necessitam. Para mim é motivo de muita alegria saber que com esta pequena colaboração o Natal deles será melhor”, diz a atleta.

Saiba um pouco mais sobre o treinamento de Bernardo no exército

Bernardo Romano – jogador de vôlei e atleta patrocinado pelo Banco Cruzeiro do Sul- continua a nos contar sobre como se tornou Sargento Bernardo e o que aprendeu em seu treinamento.

Blog – O que mais te surpreendeu no exército?
Bernardo – A rígida disciplina, pois percebemos que por mais que sejamos educados e disciplinados, não se compara.

Blog – Como foi passar por tantas experiências novas?
Bernardo – Foram três semanas de uma experiência realmente incrível, a qual nunca pensei em passar. Antes achava que essa vida de exército não pra mim, mas tenho que admitir que levarei muitos aprendizados pro resto da minha vida, tanto esportiva quanto pessoal.

Blog – Existe alguma semelhança entre o treinamento militar e o esportivo?
Bernardo – Assim como no esporte, no exército, com disciplina e treinamento, tudo funciona muito melhor.

Blog – Além de você, quais atletas integram o grupo?
Bernardo – Vários atletas de alto nível participam, como Thiago Camillo, Leandro Guilheiro, Joana
Maranhão, Vicente Lenilson, entre outros.

Blog – Qual a maior lição que você leva dessa experiência?
Bernardo – Agora sou Sargento Bernardo, com muito orgulho de fazer parte dessa Instituição. Hoje posso dizer que sou uma pessoa melhor, com mais noção das coisas, pois foi bom ver a quantidade de coisas boas que o exército tem e aprender que, com muita disciplina, tudo funciona bem.

Bernardo disputará os Jogos Mundiais Militares

No mês de novembro, 72 atletas brasileiros de diversas modalidades, entre eles Bernardo Romano – jogador de vôlei de praia patrocinado pelo Banco Cruzeiro do Sul –, Flávio Canto (judô) e Vicente Lenílson (atletismo), participaram de um treinamento de três semanas no exército. O novo projeto das Forças Armadas busca selecionar destaques no esporte, com o objetivo de reforçar a equipe brasileira que disputará os Jogos Mundiais Militares, no Rio de Janeiro, em 2011.

Em uma conversa animada, Bernardo – agora nomeado sargento temporário – conta como foi o treinamento.

Blog – Como começou o seu treinamento no exército?
Bernardo – Passei as duas primeiras semanas no Forte da Urca. Assistimos a muitas palestras, nas quais aprendemos desde a criação do exército, passando por aprendizado das patentes, que horas prestar continência e para quem. Também fizemos alguns exercícios de como usar a bússola, usar os termos certos, a roupa certa e aprendemos a marchar.

Blog – Como foi a parte prática do treinamento?
Bernardo – Na última semana, fomos para a AMAN – Academia Militar das Agulhas Negras – em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Lá foi a semana mais cansativa e puxada, mas também a mais legal, pois aprendemos táticas para atravessar rios com todo o equipamento, aprendemos a dar todo tipo de nó, fizemos exercícios na pista de corda, aprendemos a atirar de fuzil 762 e eu realizei 16 tiros no stand da academia, uma das melhores experiências que tive lá!

Blog – O treinamento trouxe situações complicadas?
Bernardo – Nos dois últimos dias, saímos para o acampamento. Lá caminhei 10 Km à noite e só enxergava o sargento da frente, com a mochila pesando 12 quilos nas costas. Foram duas horas de caminhada, até chegarmos à mata, e depois ainda tive que montar minha barraca totalmente improvisada.

Blog – Como foi dormir na mata?
Bernardo – Tive que me ajeitar num saco de dormir, onde eu não cabia, mas ninguém mandou crescer demais, né?! Também tive que revezar na ronda de vigia do acampamento durante a noite. Também tive que acordar às 5 da manhã e retornar para o alojamento para finalmente poder tomar um banho e trocar de roupa, depois de quase dois dias de suor, água da chuva, lago.

Blog – Essa foi a parte mais difícil?
Bernardo – Bem, dessa parte da experiência eu não gostei nem um pouco. Nessas horas percebi o valor ao meu banheirinho de casa, com água quente (rs)… Mas tudo foi muito válido, com certeza!

Blog – Você teve que se adaptar a muitas coisas? Conte algumas!
Bernardo – Tive que me acostumar a algumas coisas fora da rotina, como fazer a barba todo santo dia, com direito a inspeção diária. Além disso, para irmos a todas as refeições – seja café da manha, servido às 6 da manhã, almoço ou jantar – sempre tínhamos que ir juntos, perfilados e marchando.

Na próxima semana, Bernardo conta um pouco mais sobre sua experiência e fala sobre como o Exército influenciou sua vida.

Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia termina em Salvador

O Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia chegou ao final neste domingo, 29 de novembro, nas areias da Praia da Armação, em Salvador. Bernardo Romano, atleta patrocinado pelo Banco Cruzeiro do Sul, participou, mais uma vez, da competição, mas foi eliminado ainda no qualifying.

A última etapa do torneio foi marcada pelo recorde conquistado por Alisson e Harley, ao ganharem o sétimo título consecutivo do Circuito Banco do Brasil e pela despedida de Ricardo e Emanuel, campeões olímpicos de 2004, das areias.

Danielle Zangrando participa do projeto “E aí, Beleza?”

Num encontro que, mais do que a presença de pessoas, foi marcado pela forte emoção, a judoca Danielle Zangrando foi uma das estrelas do desfile que integrou, na última terça-feira, 24, a segunda edição do projeto “E aí, Beleza”, da Associação Projeto Tam Tam, de Santos, no litoral de São Paulo.

Idealizado, entre outros, com o objetivo de levar diversidade à passarela, expressar diferenças e construir um novo olhar sob o homem, o desfile reuniu pessoas de todas as idades, cor e classe social, deficientes ou não, pessoas da comunidade, alunos e personalidades do esporte.

“Foi um encontro muito especial. No ano passado, afastada dos tatames, fiz aulas de teatro com eles e recebi uma energia muito grande. Vendo aquelas pessoas cheias de alegria, acima de qualquer limitação, me deu forças para voltar”, disse, emocionada, a atleta.

Final de semana intenso para Danielle Zangrando

A judoca Danielle Zangrando, uma das patrocinadas do Banco Cruzeiro do Sul, entra no final de semana com uma agenda intensa de atividades e responsabilidades.

No sábado (28/11), a atleta será homenageada durante competição de judô em Bauru, no interior de São Paulo.

No domingo (29/11), acompanha competição que reunirá, no Tênis Clube de São Paulo, na capital paulista, dezenas de atletas juvenis de todo o país na disputa da Copa Revelação de Judô, evento que reunirá atletas das classes masculinas e femininas e que integram a geração que deverá disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Durante a competição, uma Seleção de Notáveis – que Danielle integra na avaliação feminina – selecionará um atleta de cada categoria de sexo. Ambos serão premiados com um estágio de um mês no Canadá. “É muita responsabilidade integrar uma comissão como esta. É preciso avaliar critérios técnicos, análise de currículo e atuação no tatame. Tudo ao mesmo tempo”, analisa.

Como diferencial, a Copa Revelação contará com nomes de atletas de destaque nas categorias premiadas. Coube à categoria Peso Leve o troféu que leva o nome da atleta Danielle Zangrando.